Os segredos do Coaching Comportamental

Nessa metodologia, coach e coachee interagem criando um ambiente seguro 
para ambos, uma comunicação poderosa, agindo com determinação, 
foco e energia para produzir resultados muito mais que desejados.
*Marcela Claro

Sem dúvida o coaching está em alta! Não por acaso, ele é extremamente eficaz e leva as pessoas a alcançarem resultados surpreendentes. Mas, o que é o coaching? E em especial, o que é o coaching comportamental?

O coaching comportamental é um processo de aceleração de alcance de resultados onde são aplicados os princípios básicos da Ciência do Comportamento. Nesse processo, são utilizados conhecimentos e procedimentos para promover mudanças comportamentais, obter e sistematizar informações que servirão de base para avaliar resultados.

Essa metodologia de coaching pode ser utilizada como um modelo para compreender as ações humanas como fenômenos de sua interação com o ambiente, além de acontecimentos que possuem funções determinadas: por que fazemos o que fazemos?
A filosofia da Ciência do Comportamento é, principalmente, uma concepção do ser humano inserido no meio natural, onde tudo é comportamento e todos, sejam eles públicos (ações observáveis) ou privados (sentimentos, pensamentos, cognições, etc.), são comportamentos. Ou seja, se contrapõe à concepção dualista do homem de ser físico e mental.

No coaching comportamental o homem é sujeito e objeto da sua existência pois, como afirma B. F. Skinner, “Os homens agem sobre o mundo, modificam-no e são, por sua vez, modificados pelas consequências de sua ação”. Atualmente, empresas e organizações estão mais preocupadas em desenvolver nas suas equipes comportamentos diferenciados e eficazes, atitudes que agreguem valor ao que é produzido e, sobretudo, que dê um sentido maior para os objetivos definidos.
É bom saber que um comportamento é muito mais do que a ação que se observa de uma pessoa. Comportamento humano é um conjunto de relações entre o que aconteceu antes da ação propriamente dita e a consequência que se obtém dela. É comum ouvir a afirmação de que, para mudar um comportamento, a pessoa precisa apenas mudar a sua ação. Esse é um equívoco, já que mudar de comportamento implica, principalmente, em ser capaz de alterar ou produzir novas formas de se relacionar com o ambiente, de agir com eficácia e de produzir consequências mais positivas para si e para os outros.

O coaching é uma excelente oportunidade para aplicar o conhecimento produzido pela Psicologia Comportamental. Nessa metodologia, coach e coachee interagem criando um ambiente seguro para ambos, uma comunicação poderosa, compartilhando códigos de honra e agindo com determinação, foco e energia para produzir resultados muito mais que desejados.

Entretanto, durante o processo de coaching, o coach deve estar sempre um passo à frente do seu coachee, respeitando o ritmo dele, levando-o a criar possibilidades diferentes daquelas que está habituado e passar a se comportar de outra forma, sentindo-se confortável no seu contexto natural.

O coach precisa estar ciente de que seu comportamento, sobretudo o verbal, é um estímulo que modifica o comportamento do coachee. Nesse sentido, a ação do coach deve estar circunscrita a influenciar o ambiente, as ações e as consequências que estão em ação no momento presente, já que essas são as únicas e principais fontes de controle que podem ser modificadas ou transformadas.
Quando se fala de controle do comportamento surgem críticas e advertências sobre a possibilidade de que alguém que possui conhecimento sobre as leis que regem o comportamento manipule as pessoas. Mas fique tranquilo, essas críticas e advertências são desnecessárias, afinal, todo ser humano ou organismo vivo é controlado o tempo todo pelas circunstâncias a que está exposto. Para um analista do comportamento ou para um coach comportamental, “controle do comportamento” significa identificar as variáveis e as condições que afetam o comportamento, e não manipulação.

Nesse sentido, ajudar a pessoa a se tornar mais consciente de quais estímulos regulam seu comportamento e facilitar sua exposição à novas formas mais positivas de relacionamento, ações, atitudes e resultados, é oferecer a possibilidade de exercer maior autocontrole e a oportunidade maravilhosa de mudar a sua história. Sendo assim, o Coaching Comportamental é uma extraordinária ferramenta, um conhecimento e uma tecnologia de desenvolvimento humano, alcance de objetivos e evolução em todos os sentidos para obter uma vida mais justa, mais eficaz e muito mais feliz.

*MARCELA CLARO (marcelaclaro@alar.com.br) é Doutora e Mestre em Psicologia Organizacional e do Trabalho. Master Coach Senior, atua com palestras e consultoria nas áreas de Gestão de Pessoas, Gestão de Desempenho e Gestão por Competências, onde utiliza métodos próprios e eficazes que despertam, envolvem e motivam mudanças nas pessoas e empresas em que atua. Marcela também é autora do livro “Os Segredos do Líder Coach Coach – Quatro chaves para liderar pessoas e obter resultados extraordinários”. www.marcelaclaro.com.br
Informações para a imprensa
Agência +PLUS Comunicação
Jornalista responsável – Danielle Keslarek – MTB 65284
(55 11) 2378-5604 ou 99537-5604
danielle@pluscomunicacao.com.br